] Bairros de Maceió :: Um site premiado

Djalma Marinho Muniz Falcão - (01.01.1986 a 31.12.1988)

História

Prefeitos de Maceió: Abertura Política 1985 até Hoje

Djalma Marinho Muniz Falcão nasceu em Araripina PE, 31 de dezembro de 1933, foi um advogado e político brasileiro. Foi prefeito de Maceió de 1986 a 1989. Morreu no dia 24 de março de 2017, vítima de câncer de pulmão.
Dados pessoais
Filho de Lídio Marinho Falcão e Floripes Muniz Falcão. Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidade Federal de Alagoas foi membro do Tribunal de Contas de Alagoas chegando a presidir tal colegiado por duas vezes integrando a seguir o secretariado de seu irmão Muniz Falcão no governo de Alagoas (1956-1961). Diretor da Rádio Difusora de Alagoas e prócer do MDB foi eleito deputado federal em 1966 e mesmo na oposição foi diretor do Departamento Estadual de Educação no governo Afrânio Lages (1971-1975). De volta à vida política perdeu a eleição para a Câmara dos Deputados em 1978 mas foi candidato à presidência regional da oposição no ano seguinte sendo levado a ingressar no PMDB com o retorno ao pluripartidarismo no início dos anos 80 elegendo-se deputado federal em 1982 e prefeito de Maceió em 1985, fato que permitiu a efetivação do suplente Sérgio Moreira. Após encerrar seu mandato foi eleito presidente regional do PMDB em 1994 e no mesmo ano foi eleito suplente de senador. Chefe da Casa Civil do governador Manuel Gomes de Barros (1997-1998) se afastou do cargo para exercer o mandato de senador entre abril de 1998 e julho de 1999 quando Renan Calheiros ocupou o Ministério da Justiça no governo Fernando Henrique Cardoso.

Experiência política e profissional:
1. Fundador do MDB no Estado de Alagoas e do PMDB em nível nacional.
2. Repórter, redator e editor do extinto Diário de Alagoas, Maceió, 1957/1966.
3. Ex-Professor de Legislação Aplicada da Escola Técnica de Comércio de Alagoas e de Português do Instituto de Educação do Estado de Alagoas.
4. Secretário de Educação e Cultura do Estado de Alagoas, 1957.
5. Ex-Diretor-Geral da Rádio Difusora de Alagoas.
6. Ex-Diretor-Geral do Departamento de Assistência Social do Estado de Alagoas.
7. Secretário de Governo do Estado do Estado de Alagoas, 1959.
8. Bacharel em Direito pela Universidade Federal de Alagoas, 1960.
9. Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Alagoas, 1960.
10. Presidente do Tribunal de Contas do Estado de Alagoas, 1960 (licenciado para disputar o mandato Federal).
11. Deputado Federal, eleito pelo antigo Movimento Democrático Brasileiro (MDB), 1967.
12. Primeiro vice-presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmera dos Deputados, 1968/69.
13. Presidente da Comissão de Fiscalização Financeira e Tomada de Contas da Câmera dos Deputados, 1968.
14. Presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito dos Grandes Lagos Amazônicos na Câmera dos Deputados.
15. Relator da Comissão Parlamentar de Inquérito sobre a Administração do Distrito Federal.
16. Delegado do Brasil, na 59ª Conferência Interparlamentar, Haia, Holanda, 1970.
17. Deputado Federal pelo PMDB – Partido do Movimento Democrático Brasileiro, 1982.
18. Participante da Campanha das ‘’Diretas Já’’ e um dos líderes pela eleição de Tancredo Neves a Presidência da República, 1984.
19. Câmara dos Deputados: voto pelo restabelecimento das eleições diretas para a Presidência da República e para as prefeituras das capitais dos Estados da Federação, 1985.
20. Voto pela revogação de toda legislação autoritária editada pelo regime militar de 1964.
21. Prefeito do Município de Maceió pelo PMDB,1986.
22. Secretário para assuntos do Gabinete Civil do Governo do Estado de Alagoas,1995/98.
23. Presidente do Diretório Regional do PMDB de Alagoas, reeleito pela 11ª vez, 1998.
24. Senador pelo PMDB de Alagoas, mandato de abril de 1998 a jul,1999.
25. Membro titular da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado Federal.
26. Diretor-Geral, licenciado da Sociedade de Ensino Universitário do Nordeste – SEUNE, Maceió.
27. Delegado à Convenção Nacional do PMDB e membro do seu Diretório Nacional.
Livros publicados
1. Um homem e seu destino,1958.
2. Episódios, coleção Machado de Assis (livro sobre temas políticos de Alagoas e do Brasil), 1982.
Títulos e honrarias
1. Cidadão Honorário das cidades de Maceió e do Pilar.
2. Medalhas do Sesquicentenário da independência do Brasil, no Mérito Arthur Ramos e do Mérito Floriano Peixoto, outorgadas pelo Governador do Estado de Alagoas, em função dos relevantes serviços prestados ao Estado.

 

 

Continue navegando...

Anterior

José Bandeira de Medeiros

18.03.1983 a 01.01.1986

Ver História

Próximo

Guilherme Palmeira

01.01.1989 a 31.12.1990

Ver História

Bairros de Maceíó © 2002-2020

Curiosidade

Treze vezes vencedor do prêmio Notáveis da Cultura Alagoana - Prêmio ESPIA.

"Uma cidade que não tem memória é uma cidade sem alma. E a alma das cidades é sua própria razão de ser. É sua poesia, é seu encanto, é seu acervo. Quem nasce, quem mora, quem adota uma cidade para viver, precisa de história, das referências, dos recantos da cidade, para manter sua própria identidade, para afirmar sua individualidade, para fixar sua municipalidade." Extraído do livro Maceió 180 anos de história 5 de dezembro de 1995.

Top