Guaxuma

Informações

Área: 4.91 Km²

População fonte IBGE: 2.481 hab. Censo 2010

Quantidade de logradouros: 18

Região Administrativa: 1

Mapa do bairro para download: Clique aqui

História

O Bairro de Guaxuma foi criado através lei municipal 4953 em 06 de janeiro de 2000. Altera a lei Nº 4.687/98, que dispõe sobre o perímetro urbano de Maceió, a divisão do município em regiões administrativas e inclui o abairramento da zona urbana e da outras providencias.

Aranldo Fontan - Prefeito em exercício  (Publicado no Diario Oficial do Municipio em 07/01/2000

Ponto inicial e final:
Encontro do Riacho Garça Torta com o Oceano Atlântico.

Descrição do perímetro:
Do ponto inicial segue pelo Oceano Atlântico até o encontro com o talvegue do Córrego Borrocão. Segue por este e continua pelo talvegue que toma a direção norte indo encontrar a estrada de acesso à fazenda Guaxuma. Segue por esta até o encontro com a estrada de acesso ao Conjunto Moacir Andrade e Benedito Bentes. Segue por esta última até o encontro com a via de acesso ao Loteamento Chácaras de Guaxuma. Segue por esta via indo encontrar a estrada que margeia o Riacho Garça Torta. Deste ponto segue por um pequeno talvegue na direção norte até o encontro com o Riacho Garça Torta. Segue pelo Riacho Garça Torta até o ponto inicial no encontro deste com o Oceano Atlântico.

Logradouros de Guaxuma

Conjunto Elias da Silva Bomfim 
Rodovia AL-101 Norte 
Rua A1 (Cj Elias Silva Bonfim)
Rua A2 (Cj Elias Silva Bonfim)
Rua Alto da Bela Vista 
Rua B (Cj Elias Silva Bonfim)
Rua C (Cj Elias Silva Bonfim)
Rua Coronel Mário Saraiva 
Rua D (Cj Elias Silva Bonfim)
Rua da Praia 
Rua E (Cj Elias Silva Bonfim)
Rua Eraldo Duarte Constant 
Rua F (Cj Elias Silva Bonfim)
Rua Machado de Assis 
Rua Manoel Lisboa de Moura 
Rua Padre Odilon Lôbo 
Rua Tancredo Neves 
Rua Xavier de Araújo 


GUAXUMA
                              
Mar agitado. Mar calmo,
observado por recifes de corais
litoral contornados por coqueiros,
onde o clima é quente úmido.
                                     
Seus riachos abraçam os manguezais.
O bairro tem atraído pessoas
à beira mar,nas encostas e tabuleiros,
onde o sol faz morada.
                             
Mangue branco. Mangue vermelho.
(adorna este bairro
dando brilho ao local).

Outrora era só:
casas de veraneio
e sítios de coco.

-Ari Lins Pedrosa -

 

Galeria de Fotos

Bairros de Maceíó © 2002-2017

Curiosidade

Treze vezes vencedor do prêmio Notáveis da Cultura Alagoana - Prêmio ESPIA.

"Uma cidade que não tem memória é uma cidade sem alma. E a alma das cidades é sua própria razão de ser. É sua poesia, é seu encanto, é seu acervo. Quem nasce, quem mora, quem adota uma cidade para viver, precisa de história, das referências, dos recantos da cidade, para manter sua própria identidade, para afirmar sua individualidade, para fixar sua municipalidade." Extraído do livro Maceió 180 anos de história 5 de dezembro de 1995.

Top